Se você conhece um pouco de estratégia de marketing, com certeza já ouviu falar em público-alvo de um produto ou serviço. O público-alvo é o grupo de pessoas que se deseja atingir com uma estratégia de marketing. Mas não podemos confundir público-alvo com persona. Vamos entender o que é persona e por que você deve criar uma para o seu negocio agora mesmo.

Compreender o público-alvo é fundamental para ofertar, da maneira correta, os seus produtos ou serviços e aprimorá-los com base nas necessidades dessas pessoas. Sendo assim, com a evolução do marketing, principalmente com a chegada da nova era do marketing digital, surge um conceito mais aprofundado, que é a persona.

A persona é o cliente ideal para o seu negócio. Entenda:

dores-da-persona

 

Enquanto o conceito de público-alvo é abrangente e abstrato, o conceito de persona é restrito e muito mais concreto. Imagine uma loja de bolsas que vende bolsas de festa, bolsas para o dia a dia e mochilas. Veja, abaixo, um exemplo de público-alvo e outro de persona:

 

 

Público-alvo é definido como “um seguimento da sociedade com determinadas características em comum, ao qual se dirige uma mensagem”, neste caso, é o público total de uma ação de propaganda da loja, veja exemplos:imagemdestacada-1014x487

  • Mulheres acima de 15 anos que precisam de uma bolsa de festa;
  • Mulheres acima de 12 anos que precisam de uma mochila;
  • Homens que precisam dar uma bolsa de presente a uma mulher.

Perceba como o conceito de público-alvo é abstrato, pois até os homens podem ser o público-alvo de uma campanha publicitária.

Já o conceito de persona surge como uma alternativa mais singular e objetiva para direcionar uma estratégia de marketing de conteúdo, ou seja, o marketing baseado em educar e informar o cliente sobre alguma coisa e, para isso, precisa ser direcionado a alguém da forma mais específica possível, inclusive, utilizando a comunicação um para um nos materiais.

Assim, um exemplo de persona seria:

persona

 

Maria, 15 anos, estuda de manhã e vai para a natação imediatamente após a escola. Depois, vai para o curso de informática. Precisa de uma mochila grande e impermeável, com um compartimento específico para o seu notebook. Normalmente, faz compras acompanhada pelos pais. Não compra nada pela internet, vai ao shopping e visita várias lojas. Segue as tendências de moda dos influenciadores teens no YouTube, Instagram e Facebook. Nunca compra nada que pareça coisa de criança, mas, como toda menina, fica balançada com objetos cor-de-rosa. Etc. Etc. Etc.

Agora você entendeu como a persona é muito mais específica, não é?

 

 

 

Porque criar uma persona para o seu negócio agora mesmo?

A persona, também chamada de buyer persona, é um perfil fictício, ou melhor, semifictício, do cliente ideal para a empresa ou para um determinado produto ou serviço. Compreendendo melhor quem é o cliente, com mais detalhes, é mais fácil saber do que ele precisa e traçar estratégias de marketing, muito mais acertadas.

Veja o que é percebido quando se tem uma boa definição de persona:

  • onde fazer divulgação;
  • assuntos relacionados para abordar;
  • melhores formatos para ofertar conteúdo;
  • estilo de vida e estratégias de upsell;
  • etc.

Sendo assim, nas melhores estratégias de marketing da atualidade, o público-alvo tem caído em desuso porque não é rico em detalhes e a persona está tomando o seu lugar. Mas ele ainda é importante em diferentes etapas de campanhas publicitárias.

Crie a persona para o seu negócio agora mesmo e comece a perceber a diferença no acerto das suas estratégias de marketing. Se você não sabe criar uma persona, você pode contratar uma agência especializada ou pesquisar o processo na internet, que não é tão difícil. Basta responder uma série de perguntas sobre a personalidade do seu cliente em potencial.

Ficou com alguma dúvida sobre a persona? Deixe sua pergunta nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *